A remessa do Itaú não está passando no validador ou o banco alega que tamanho do registro 1 está inválido. O que pode ser?


Caso você já tenha homologado seu boleto junto ao banco, não precisa mais usar o validador. Basta enviar as remessas diretamente no ambiente de produção. Esta nossa resposta pode te ajudar a saber como realizar a homologação dos boletos junto a seu banco: Cadastrei uma nova configuração de boleto. E agora?

Quando a remessa está no formato CNAB400, os juros e multa são inseridos através de um complemento que indica os juros e multa cobrados.

O Conexa já insere esse complemento no arquivo e não está errado. A existência dessa informação é vital para que você consiga cobrar seus clientes com juros e multa. Sem esse complemento, seus clientes conseguiriam pagar tudo sem multa e juros.

O validador do Itaú parece não esperar esse complemento e então ocorre erro na validação do arquivo de remessa.

Tente enviar o arquivo de remessa fora do validador ou então entre em contato com o banco para reportar a dificuldade e melhorar o validador deles para detectar esse complemento, afinal, cobrar juros e multa é uma situação completamente normal e corriqueira.